Rádio Educadora FM 93,7 Bragança-Pará
Rádio Rosário FM 106,7 Bragança-Pará

Mestre Francisco Mansur 9° Dan de Jiu-Jitsu visita Bragança

1

Atletas de Judô e Jiu-Jitsu de Bragança receberam uma visita de honra para quem disputa artes marciais no mundo todo. Esteve visitando a Pérola do Caeté pela primeira vez, o Mestre Francisco Mansor que é faixa vermelha de Jiu-Jitsu (9º grau) e recebeu seu diploma de instrutor pelo falecido Mestre Helio Gracie, natural de Belém do Pará e que foi o patriarca da família Gracie, responsável pela difusão do Jiu-Jitsu no Brasil e idealizador do estilo de arte marcial brasileira conhecido como Jiu-Jitsu brasileiro. Mestre Mansor é um dos apenas 6 homens fora da família Gracie a receber a classificação de Helio.

A visita do Mestre Mansor aconteceu no salão de eventos da Igreja Adventista no bairro da Vila Sinhá, o faixa vermelha 9° grau de Jiu-Jitsu veio a Bragança após ser convidado pelo pastor líder da igreja que tem um trabalho social através do ADRA para essa modalidade esportiva com crianças carentes da Vila Sinhá e bairros vizinhos. O mestre ministrou palestras e treinamentos para as crianças e jovens e, para adultos do Jiu-Jitsu e Judô. O evento foi organizado pela ADRA - Justiça, Competição e Amor do Projeto Esporte Esperança de Bragança; Federação de Jiu-Jitsu do Estado do Pará, Equipe Danilo Araújo Jiu-Jitsu/MMA e teve o apoio da Associação de Judô Rio Caeté, Associação Kioto Brazilian Jiu-Jitsu, Bulldog Brazilian Jiu Jitsu e Lobato Top Team.

Franciso Mansor nasceu em 1940 no Brasil. Sua iniciação ao Jiu-Jitsu foi feita por seu pai que teve aulas particulares quando era jovem e passou o conhecimento para o filho. Na adolescência, Francisco Mansor mudou-se para o centro do Rio de Janeiro para estudar e iniciou as aulas de Jiu-Jitsu com o Grande Mestre Hélio Gracie. Mansor tinha 15 anos quando conheceu o lendário Mestre Gracie.

Aos 17 anos, Mestre Mansor estava pronto para sua primeira luta de vale tudo (sem barreiras). Embora o nervosismo o mantivesse acordado durante a maior parte da noite anterior ao evento, ele conseguiu manter a compostura dentro do ringue no dia da luta e finalizou seu oponente em 17 segundos. Mestre Mansor lutou mais 38 vezes sem restrições, vencendo todas as lutas, permanecendo invicto até o final de sua carreira de lutador.

O Mestre Francisco Mansor também foi uma figura importante na construção da primeira federação de Jiu-Jitsu do Brasil (Federação do Rio de Janeiro). Ele abriu as portas de sua primeira academia aos 25 anos e rapidamente deixou sua marca como treinador. Mansor teve sucesso particular trabalhando com jovens, formando vários grandes lutadores com seu programa infantil, e com seu excelente conhecimento dos fundamentos do grappling, sua aula rapidamente se tornou um dos locais mais procurados para atividades esportivas infantis no Rio de Janeiro. Seu trabalho para o desenvolvimento das artes marciais em todo o mundo rendeu ao Mestre Francisco Mansor vários prêmios, incluindo induções no World Karate Hall of Fame, Action Martial Arts Magazine Hall of Fame, American Okinawan Karate Association Hall of Fame e Budo International Magazine Hall de fama.

Reportagem e fotos - Fabrício Bragança
Lido 81 vezes

Acompanhe @f_educadora no Instagram

A Fundação

A Fundação Educadora de Comunicação é constituída por duas rádios, a Educadora AM (1390) e FM (106,7), uma emissora de TV (canal 30) e um site. Tem por objetivo promover para o povo bragantino uma programação que enaltece a educação, cultura, esporte e evangelização. São 58 anos evoluindo e inovando. (+)

 

Boletim

Deixe seu e-mail para ser avisado em primeira mão sobre novas notícias: