Bragantino empata e decide a vaga em Fortaleza

Bragantino e Floresta se enfrentaram na tarde deste domingo (30) no Diogão, infelizmente o Tubarão do Caeté não conseguiu fazer o resultado dentro de casa e vai a capital cearense na próxima segunda-feira (08) brigar pela classificação. O resultado está em aberto para ambas as equipes após o empate da partida de ontem.

A chuva que caiu um tempo antes do jogo deixou o gramado encharcado, atrapalhando o desempenho das equipes principalmente no primeiro tempo. Mesmo com as condições do gramado, o Braga mandou no jogo, teve a maior posse de bola, porém desperdiçou grandes oportunidades de marcar.

A primeira chance de gol do Braga surgiu aos 9 minutos da etapa inicial, Fidélis recebeu um lançamento, chutou rasteiro e a bola passou raspando na ponta direita. Aos 26, o goleiro do Verdão caiu em campo sozinho sentindo desconforto, o árbitro aproveitou para realizar a parada técnica. Aos 30 minutos, Romário do Tubarão sentiu a virilha e teve que sair, a substituição queimada de acordo com o técnico atrapalhou os planos do Tubarão para a partida.

Na etapa final, aos 37 minutos o Lukinha ajeitou uma bola que bateu no travessão e deixou o torcedor aflito, foi quase. Alguns minutos depois, o Zé Carlos do Floresta após um baque teve que sair em uma ambulância do estádio para ser atendido em uma casa de saúde do município. O Braga brigou até o final mas a partida terminou no 0 x 0.

Bruno Limão disse que esse foi apenas o primeiro jogo, não há nada perdido, o resultado está em aberto. Raimundo Vagner, técnico do Floresta disse que o resultado estava dentro do planejamento do Floresta e que contarão com reforços para a próxima partida, Mateuzinho e Canga estarão de volta. Ricardo Capanema ao falar do próximo confronto disse que o Braga em Fortaleza deve jogar fechadinho. E apesar do Floresta ter obtido o resultado que desejava, Marco Goiano disse que o Bragantino tem totais condições de reverter dentro da casa do adversário. Robson Melo parabenizou o grupo pela postura em campo, "lutaram até o final".

 

Bragantino – Axel; Bruno Limão, Romário (Ronny Taperaçú), Gabriel Gonçalves e Esquerdinha; Ricardo Capanema, Paulo de Tárcio (Mauro Ajuruteua), Marco Goiano (Rafinha) e Lukinha; Edgar e Fidélis. Técnico: Robson Melo.

A arbitragem foi de Savio Pereira Sampaio com a assistência de Ciro Chaban Junqueira e Luciano Benevides de Sousa; o 4º árbitro, Maguielson Lima Barbosa. A renda do jogo foi de R$48.200,00 com público pagante de 2.410 torcedores.

Bragantino e Floresta voltam se enfrentar na próxima segunda-feira, dia 08 de julho, no Estádio Presidente Vargas em Fortaleza-CE. O vencedor avança as quartas de final do Brasileirão. Em caso de empate novamente, a vaga será decidida nos pênaltis. A equipe que avançar pega o classificado do confronto entre Manaus e São Raimundo.

Reportagem – Marcelle Pires

Lido 159 vezes

Acompanhe @f_educadora no Instagram

A Fundação

A Fundação Educadora de Comunicação é constituída por duas rádios, a Educadora AM (1390) e FM (106,7), uma emissora de TV (canal 30) e um site. Tem por objetivo promover para o povo bragantino uma programação que enaltece a educação, cultura, esporte e evangelização. São 58 anos evoluindo e inovando. (+)

 

Boletim

Deixe seu e-mail para ser avisado em primeira mão sobre novas notícias: