O Cinema Brasileiro

Caríssimos ouvintes...

 

No próximo dia cinco, ou seja, segunda-feira comemora-se o dia Cinema Brasileiro, como para este dia, teremos um outro assunto a ser comentado, resolvemos antecipar para hoje, o nosso comentário sobre o Cinema Brasileiro. No inicio, sem grandes recursos, aparelhos manuais, artistas amadores e sem grandes posturas diante das câmeras, este era o primeiro passo do cinema no Brasil; segundo os mais entendidos no assunto, o progresso dos artistas brasileiros foi mais rápido do que a arte propriamente de filmar, pois cedo muitos tiveram nomes consagrados nas telas como foi o caso de Carmem Miranda, Oscarito, Grande Otelo, Paulo Gracindo e muitos outros artistas que até hoje são consagrados no mundo do filme. 

A história do nosso cinema começou com filmes musicais, cômicos, sendo que neste último alguma dosagem de crítica ao Governo da época o que muitos casos chegou a complicar os artistas e os produtores cinematográficos. Com o passar dos anos o brasileiro, foi se aperfeiçoando e ficando cada vez mais eficiente de entreter por intermédio do filme; as nossas fitas começaram a ganhar repercussão em muitos países do mundo que cogitavam com frequência as fitas trabalhadas no Brasil com os nossos próprios artistas. 

Hje esta nossa fama já se consolidou no mundo inteiro, e nossas fitas já disputam OSCARS, entre os melhores do globo terrestre, fitas que merecem a atenção de todas as plateias em qualquer cinema do mundo. Nem só no cinema as nossas fitas fazem sucesso; se observarmos as novelas (o que não deixa de ser um filme) haveremos de notar que estão sendo rodadas em vários canais de televisão do mundo, é claro com a adaptação à linguagem local. Países como: México, Itália, Portugal, etc... estão apreciando o talento dos nossos artistas do vídeo. Hoje a arte de filmar no Brasil, já é de alto quilate, mas este progresso nos proporcionou grande número de filmes pornográficos, o que sem dúvida nenhuma é uma mancha escura no áureo véu do nosso sucesso.

 

Celso Leite em 3 de novembro de 1984

Lido 24 vezes

Acompanhe @f_educadora no Instagram

A Fundação

A Fundação Educadora de Comunicação é constituída por duas rádios, a Educadora AM (1390) e FM (106,7), uma emissora de TV (canal 30) e um site. Tem por objetivo promover para o povo bragantino uma programação que enaltece a educação, cultura, esporte e evangelização. São 58 anos evoluindo e inovando. (+)

 

Boletim

Deixe seu e-mail para ser avisado em primeira mão sobre novas notícias: