Audiência do caso Jairo Sousa é adiada e nova data é marcada

1

Estava marcada para a manhã desta quarta-feira (09) no salão do júri do Fórum da Comarca de Bragança, a continuação da audiência de instrução do caso que apura a morte do radialista Jairo Sousa, assassinado no dia 21 de junho de 2018 nas escadarias do Residencial Nunes Bastos quando estava chegando para trabalhar no seu programa matinal Show da Pérola da Radio Pérola FM. Para essa audiência estava confirmada a presença de todos os envolvidos denunciados pelo Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), além de advogados, testemunhas de defesa e acusação, mas, a audiência foi adiada.

Segundo informações repassadas pela família do radialista, um dos envolvidos no processo não estava bem de saúde e isso fez com que nenhuma pessoa fosse ouvida nesta quarta-feira (09). A informação que a família recebeu é de que o envolvido trata-se de Edvaldo Meirelles da Silva, vulgo Mãozona, 37 anos, residente em Vila Fátima, zona rural de Tracuateua. Mas, a audiência já tem nova data, foi marcada para o dia 24 de fevereiro de 2021 no fórum da comarca de Bragança.

Reportagem - Fabrício Bragança
Lido 127 vezes

Acompanhe @f_educadora no Instagram

A Fundação

A Fundação Educadora de Comunicação é constituída por duas rádios, a Educadora AM (1390) e FM (106,7), uma emissora de TV (canal 30) e um site. Tem por objetivo promover para o povo bragantino uma programação que enaltece a educação, cultura, esporte e evangelização. São 58 anos evoluindo e inovando. (+)

 

Boletim

Deixe seu e-mail para ser avisado em primeira mão sobre novas notícias: