Bragança perde três educadoras

1

O setor educacional de Bragança está de luto, perdeu três grandes nomes em menos de 48 horas.

O primeiro registro ocorreu na noite de sábado (19) com o falecimento da professora Ivana Corrêa Barata, que encontrava-se internada em uma casa de saúde na capital do Estado apresentando complicações por conta da Covid-19. Natural de Belém, Ivana, concluiu o Ensino Médio no Grupo Educacional Ideal em 1998. Em 2012, ingressou na Universidade Estadual do Pará (UEPA) e em 2015, na Universidad Nacional de Rosario (UNR). Ivana Corrêa era professora lotada na Secretaria Municipal de Educação de Bragança (SEMED), atuou também na Casa do Empreendedor na administração de Nelson Magalhães. A Prefeitura de Bragança publicou nota de pesar lamentando a perda da educadora.

1

Na madrugada deste domingo (20) faleceu Nazaré Veloso, professora de Educação Física lotada no Instituto Santa Teresinha, via Secretária Estadual de Educação (SEDUC). Nazaré era esposa do delegado de Polícia Civil, Vander Veloso.

1

Também neste domingo, a Congregação das Missionárias de Santa Teresinha amanheceu de luto com o falecimento da Irmã Maria Janete Torres (80 anos). Irmã Janete nasceu no dia 17 de dezembro de 1940 no município de Agrestina (PE), filha de José Mororó Torres e Joana Alves Torres. No dia 18 de março de 1960, com a Vestição Religiosa, iniciou o ano de Noviciado Canônico e em 25 de março de 1961 fez sua Profissão Temporária, adotando por nome religioso: Irmã Maria Janete de Santa Teresinha. 
Em 2 de janeiro de 1973, festa do centenário de nascimento de Santa Teresinha, fez sua Profissão Perpétua.

Ao longo de sua vida, Irmã Janete prestou diversos serviços a Congregação e a Igreja. 
Foi professora de 1º e 2º Graus das disciplinas: Educação Moral e Cívica, Ensino Religioso e História do Brasil. Professora do Jardim de Infância, Alfabetização e 1º Grau. Diretora da Escola São Miguel, no bairro da Cremação em Belém. Diretora no Centro Maternal em Pirambu (Fortaleza-CE).

Integrante da Pastoral da Saúde do Hospital Santo Antônio. Coordenadora da Catequese em Bragança. No Sistema Educativo Radiofônico de Bragança foi professora de história, uma das pioneiras no SERB. Foi Vice-Geral da Congregação em dois sexênios. Conselheira Geral da Congregação em um sexênio. Mestra das noviças durante 12 anos e 9 meses. Professora das noviças, postulantes e seminaristas. Superiora de várias Comunidades Religiosas em Fortaleza (CE), Bragança (PA), na Itália e em Viseu (PA).

Disciplinária no Instituto Santa Teresinha no período de 1990 a 1996. Em agosto de 1996, Irmã Janete foi nomeada 2ª Notária Adjunta do Processo Diocesano do Servo de Deus Dom Eliseu Maria Coroli. Em janeiro de 2002 foi liberada para os trabalhos do processo de Dom Eliseu. 
Seu último trabalho foi na Cúria Diocesana de Bragança-PA, atualizando os registros de batizados.

Irmã Janete desenvolveu atividades diversas, sempre com muita dedicação e eficiência. Embora não sendo escritora, escreveu muito sobre a história de sua família, da Congregação e a história da vida da Irmã Edith Almeida de Sousa, cofundadora da Congregação. 
Em um de seus escritos, Irmã Janete diz: “Durante os anos vividos na Congregação, nunca disse um não a nada, sempre que fui solicitada para qualquer trabalho”.

Dotada de um espírito muito forte de oração; demonstrava muito amor pela vocação e pela Congregação. Foi uma grande missionária. Já com a saúde bastante fragilizada, no dia 17 de dezembro passado, completou 80 anos de idade, três dias depois, seu Divino Esposo a chamou para a morada celeste e Irmã Janete partiu dizendo como Santa Teresinha: “Não morro; entro na vida”.

O corpo de Irmã Janete Torres foi velado no período da tarde na Capela do Instituto Santa Teresinha onde houve missa de corpo presente e às 17:30 sepultado no Cemitério Santa Rosa de Lima, em Bragança.

Reportagem - Jota Bahia
Lido 230 vezes

Acompanhe @f_educadora no Instagram

A Fundação

A Fundação Educadora de Comunicação é constituída por duas rádios, a Educadora AM (1390) e FM (106,7), uma emissora de TV (canal 30) e um site. Tem por objetivo promover para o povo bragantino uma programação que enaltece a educação, cultura, esporte e evangelização. São 58 anos evoluindo e inovando. (+)

 

Boletim

Deixe seu e-mail para ser avisado em primeira mão sobre novas notícias: