Muro de contenção resiste “águas de março” em Ajuruteua

1

O muro de contensão passou no primeiro teste de resistência com a chegada das “águas de março” na praia de Ajuruteua. Nesta segunda-feira (29) as ondas chegaram 5 metros e 30 centímetros, mas, o muro reduziu os impactos da força da maré alta. As pousadas localizadas próximas da orla não foram abaladas, no entanto, questionam que a água criou lagos embaixo das casas dificultando a saída dos moradores.

O presidente da Associação dos Moradores da Praia de Ajuruteua, Chico Sousa, disse que o processo é natural uma vez que, o projeto ainda não foi concluído. Reforçou que a Prefeitura de Bragança está providenciando uma maneira de proporcionar a vazão em direção ao mangue.

No cais de arrimo de Bragança os efeitos da maré alta foram percebidos pelas embarcações que ficaram praticamente “estacionadas” ao lado da orla. A Tábua de Marés indica maré alta até esta quarta-feira, dia 31 de março.

1

Reportagem - Jota Bahia
Lido 136 vezes

Acompanhe @f_educadora no Instagram

A Fundação

A Fundação Educadora de Comunicação é constituída por duas rádios, a Educadora AM (1390) e FM (106,7), uma emissora de TV (canal 30) e um site. Tem por objetivo promover para o povo bragantino uma programação que enaltece a educação, cultura, esporte e evangelização. São 58 anos evoluindo e inovando. (+)

 

Boletim

Deixe seu e-mail para ser avisado em primeira mão sobre novas notícias: