Lockdown em Bragança: fiscalização enfrenta resistência

1

Parte dos comerciantes de Bragança contrários ao Decreto 154/2021 da Prefeitura estão resistindo ao Bandeiramento Preto (lockdown) no centro comercial do município. Algumas lojas abriram suas portas nesta manhã de quarta-feira (07). Um tumulto foi gerado quando fiscais do setor de Vigilância Sanitária se aproximaram para solicitar o fechamento dos estabelecimentos e foram recebidos com protestos. Funcionários e lojistas gritaram palavras de ordem: “queremos trabalhar, queremos trabalhar”. A Prefeitura no entanto, diz que está cumprindo recomendação do Ministério Público.

Os fiscais respondem que no momento a fiscalização é de caráter educativo, de conscientização e não de repressão. Todos os estabelecimentos que estavam abertos foram identificados e dado um prazo até esta quinta-feira para cumprirem as determinações. Após o prazo, as medidas punitivas com multas serão aplicadas variando de R$ 50 até R$150 Mil Reais, conforme consta no decreto. Mas, a proposta é de se chegar a um consenso entre as partes.

Reportagem - Jota Bahia
Lido 175 vezes

Mídia

Acompanhe @f_educadora no Instagram

A Fundação

A Fundação Educadora de Comunicação é constituída por duas rádios, a Educadora AM (1390) e FM (106,7), uma emissora de TV (canal 30) e um site. Tem por objetivo promover para o povo bragantino uma programação que enaltece a educação, cultura, esporte e evangelização. São 58 anos evoluindo e inovando. (+)

 

Boletim

Deixe seu e-mail para ser avisado em primeira mão sobre novas notícias: