Rádio Educadora FM 93,7 Bragança-Pará
Rádio Rosário FM 106,7 Bragança-Pará

 

Diocese de Bragança se despede de Pe. Carlos Afonso.



Com a tarefa difícil do último Adeus, fiéis católicos, familiares, amigos e o Clero da Diocese da Bragança se despediram de Pe. Carlos Afonso na última quarta-feira (10), em Bragança do Pará.

Ao som das sirenes fúnebres das viaturas de órgãos de segurança, o corpo do sacerdote deixou o salão paroquial que construiu quando era pároco da Paróquia Sagrado Coração de Jesus no bairro do morro. Depois, seguiu em cortejo em direção ao ginásio de esportes Corolão para a Santa Missa de corpo presente e a celebração das Ezéquias.

Na chegada ao ginásio, o Bispo de Bragança Dom Jesus Maria, Padres e Diáconos aguardavam o corpo com suas vestes sacerdotais (batina branca e estola roxa). Seminaristas dos seminários da diocese, familiares, amigos e a população em geral também estiveram presentes para o início da Santa Missa. Ao chegar no Corolão, os Guardas de Nazaré retiraram a urna com o corpo de Padre Afonso.



Os sacerdotes realizaram um revezamento de mão em mão até a urna chegar em frente do altar.

A Santa Missa iniciou as 16h e a liturgia ficou responsável por paroquianos das Paróquias do Sagrado Coração de Jesus e São Sebastião (Tracuateua), e se estendeu por hora e meia. Após a comunhão, se iniciou a celebração das Ezéquias, onde Dom Jesus rezou sobre a urna e aspergiu com água benta, em seguido por todos os padres.

Usando um turibulo (objeto litúrgico utilizado para queimar incenso em cerimônias religiosas de igrejas cristãs), incensou a urna por completo. Na sequência, houveram depoimentos, agradecimentos e homenagens a Pe. Carlos Afonso. 
Após a Santa Missa, o corpo de Pe. Afonso seguiu novamente em cortejo para o Cemitério Campo da Saudade no bairro da Vila Sinhá.



Durante o trajeto, cavaleiros homenagearam o Padre que era apaixonado por cavalgadas. Logo atrás do carro da funerária uma imagem chamou a atenção de todos, um sobrinho do sacerdote que esteve com ele até a hora de sua morte foi até o sítio da família buscar o cavalo e o chapéu de Padre Afonso, que inclusive foram usados por ele na Romaria dos Cavaleiros no último domingo (07).

O cortejo chegou ao cemitério no começo da noite. O sepultamento foi acompanhado por familiares, padres e pelo Bispo de Bragança.

Reportagem e fotos: Fabrício Bragança.
Lido 150 vezes

Acompanhe @f_educadora no Instagram

A Fundação

A Fundação Educadora de Comunicação é constituída por duas rádios, a Educadora AM (1390) e FM (106,7), uma emissora de TV (canal 30) e um site. Tem por objetivo promover para o povo bragantino uma programação que enaltece a educação, cultura, esporte e evangelização. São 58 anos evoluindo e inovando. (+)

 

Boletim

Deixe seu e-mail para ser avisado em primeira mão sobre novas notícias: