Adolescente morre eletrocutada na zona rural de Bragança

Uma adolescente identificada apenas como Renara (14 anos), sofreu uma descarga elétrica no começo da tarde desta quinta-feira (16) na Comunidade de São João do Enfarrusca, zona rural de Bragança.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima estava no sítio da família na companhia de amigas quando decidiram ir até uma árvore de ameixa no local apanharem algumas frutas; Renara subiu na árvore sem perceber que escondido por entre as folhas havia um fio de alta tensão que estava energizado. Renara sofreu uma descarga elétrica e caiu da árvore já sem vida. Uma das outras adolescentes que estava com ela também sofreu uma descarga elétrica de menor grau e conseguiu sobreviver .

O fato chocou moradores da comunidade que relataram à equipe de investigadores da Polícia Civil que já haviam solicitado para a concessionária de energia elétrica inúmeras ordens de serviço pedindo a retirada do cabo energizado, mas, as solicitações nunca foi atendidas.

O Instituto Médico Legal núcleo avançado de Bragança foi acionado para fazer a remoção do corpo da jovem para ser necropsiado, mas, a família não liberou o corpo. Uma perícia de local de crime será feita onde a jovem foi eletrocutada. De acordo com a Polícia Civil, no começo da manhã desta sexta-feira (17) a direção da empresa responsável pela energia elétrica será notificada para se explicar sobre o caso e responder o motivo pela demora da retirada do cabo energizado.

Reportagem - Fabrício Bragança
Foto - Polícia Civil

Lido 669 vezes

Acompanhe @f_educadora no Instagram

A Fundação

A Fundação Educadora de Comunicação é constituída por duas rádios, a Educadora AM (1390) e FM (106,7), uma emissora de TV (canal 30) e um site. Tem por objetivo promover para o povo bragantino uma programação que enaltece a educação, cultura, esporte e evangelização. São 58 anos evoluindo e inovando. (+)

 

Boletim

Deixe seu e-mail para ser avisado em primeira mão sobre novas notícias: