Socorrista do SAMU de Bragança morre afogado no Amapá

O técnico de enfermagem Fábio Alexandre Alves Monteiro (24 anos) que atualmente era socorrista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Bragança, foi encontrado morto no município de Calçoene, distante 374 Km de Macapá.

Segundo os órgãos de segurança do estado Amapaense, Fábio teria morrido por afogamento; ele desapareceu no rio que banha a cidade por volta das 17 horas e só foi encontrado cerca de 10 horas depois, sem vida. O corpo foi removido pela Polícia Técnico-Científica (Politec) no Amapá.

Familiares informaram que ele estava no Amapá desde o dia 09 deste mês, visitando parentes e amigos. A notícia da morte de Fábio Alexandre pegou todos de surpresa em Bragança, uma foto do socorrista morto em uma embarcação circulou nas redes sociais desde a manhã desta segunda-feira (20), mas somente no começo da tarde, houve a confirmação da morte.

Fábio Alexandre integrava o quadro de profissionais do SAMU de Bragança desde fevereiro de 2017 e ao longo desses quase 3 anos, ficou reconhecido na Pérola do Caeté pelo desempenho e profissionalismo.

Reportagem - Fabrício Bragança
Foto - Redes Sociais

Lido 666 vezes

Acompanhe @f_educadora no Instagram

A Fundação

A Fundação Educadora de Comunicação é constituída por duas rádios, a Educadora AM (1390) e FM (106,7), uma emissora de TV (canal 30) e um site. Tem por objetivo promover para o povo bragantino uma programação que enaltece a educação, cultura, esporte e evangelização. São 58 anos evoluindo e inovando. (+)

 

Boletim

Deixe seu e-mail para ser avisado em primeira mão sobre novas notícias: