Judiciário inicia audiência de instrução do caso Jairo Sousa

Na manhã desta quarta-feira (29) aconteceu no salão do juri da comarca de Bragança, a primeira de audiência de instrução processual do inquérito que apura a morte do radialista Jairo José de Sousa (43), assassinado em 21 de junho de 2018 na escada de acesso ao residencial Nunes Bastos.

A audiência que estava marcada para 08 horas teve inicio às 11h30min, conduzida pelo Dr. Juliano (juiz substituto da vara criminal de Bragança) e com a presença do Ministério Público, das testemunhas (cujos nomes não são revelados), advogados dos réus citados e os acusados.

8 dos 11 réus citados na denúncia do Ministério Público estiveram presentes; o vereador Cesar Augusto Monteiro Gonçalves, apontado pelo MP como articulador do crime foi um dos faltosos.

O Ministério decretou a prisão de 3 pessoas envolvidas; o Policial Militar João Carlos Lima de Castro, conhecido por "Joãozinho", e Jadson Roberto Reis de Sousa conhecido por "Jacó", receberam voz de prisão ainda no prédio do judiciário. O vereador Cesar Monteiro tem 24 horas para se apresentar, caso contrário será considerado foragido da justiça.

O Policial Militar "Joãozinho" foi conduzido ao Centro de Recuperação Anastácio das Neves e "Jacó" foi entregue a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) para ser conduzido para uma casa penal do estado. A segunda parte da audiência de instrução está  marcada para o dia 28 de fevereiro de 2020 no Fórum da Comarca de Bragança.

Reportagem e foto - Fabrício Bragança

Lido 501 vezes

Acompanhe @f_educadora no Instagram

A Fundação

A Fundação Educadora de Comunicação é constituída por duas rádios, a Educadora AM (1390) e FM (106,7), uma emissora de TV (canal 30) e um site. Tem por objetivo promover para o povo bragantino uma programação que enaltece a educação, cultura, esporte e evangelização. São 58 anos evoluindo e inovando. (+)

 

Boletim

Deixe seu e-mail para ser avisado em primeira mão sobre novas notícias: