Viagens intermunicipais estão proibidas a partir desta quinta-feira (30)

Em virtude de mais um feriado prolongado e em cumprimento ao Decreto governamental nº 609, que proíbe viagens intermunicipais durante os feriados para evitar o avanço no novo coronavírus, o Departamento de Trânsito do Estado (Detran) retoma, a partir desta quinta-feira (30), o bloqueio nas vias de acesso aos municípios do interior do Estado e na entrada da capital paraense.

A "Operação Trabalhador - Covid-19" seguirá até a próxima segunda-feira (4). Mais de 200 agentes de fiscalização estarão distribuídos em 21 municípios do Estado com barreiras montadas a fim de dar seguimento às medidas de prevenção à covid-19. Na rodovia BR-316, região metropolitana, 54 agentes estarão distribuídos por escala durante 24 horas, para ordenar o fluxo na entrada e saída da capital.

O coordenador de operações do Detran, Ivan Feitosa, reforça que a medida visa conscientizar a importância do isolamento social neste período de pandemia. "Estaremos atuando em mais um feriado prolongando com o intuito de evitar que a circulação de pessoas seja feita de maneira aleatória. Além de fazer valer o decreto estadual, queremos conscientizar as pessoas sobre a importância distanciamento social", reforça.

Além das ações de combate ao novo coronavírus, os agentes de fiscalização estarão desenvolvendo medidas preventivas, educativas e repressivas em defesa à vida, a fim de garantir a segurança viária e dar mais fluidez ao trânsito.

"Nossos agentes estarão distribuídos em mais de 20 municípios verificando as condições de trafegabilidade, veiculares e a documentação necessária para que não ocorra nenhum incidente", explica Ivan Feitosa.

A operação é integrada com a Polícia Rodoviária Estadual e fiscais da Agência de Regulação e Controle dos Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon- PA) que, além de fiscalizações em estradas estaduais, irá vistoriar o fluxo em praias e balneários para que não haja descumprimento do decreto e seja respeitado o isolamento.

Fiscalização - A medida é válida para transporte particular e coletivo a partir do município de Benevides, na Região Metropolitana de Belém. A decisão só não atinge pessoas que precisam fazer o deslocamento para a própria residência e/ou atividade profissional, desde que comprovados mediante documentação, e o transporte de cargas. Quem descumprir a determinação será encaminhado à Delegacia de Polícia mais próxima para procedimento.

Por Agência Pará

Lido 253 vezes

Acompanhe @f_educadora no Instagram

A Fundação

A Fundação Educadora de Comunicação é constituída por duas rádios, a Educadora AM (1390) e FM (106,7), uma emissora de TV (canal 30) e um site. Tem por objetivo promover para o povo bragantino uma programação que enaltece a educação, cultura, esporte e evangelização. São 58 anos evoluindo e inovando. (+)

 

Boletim

Deixe seu e-mail para ser avisado em primeira mão sobre novas notícias: