Bragança lamenta morte de Nonato Silva

1

Faleceu na tarde desta quarta-feira (20) em Belém o ex-vereador e radialista Nonato Silva. Nascido em Bragança no dia 7 de novembro de 1953, Raimundo Nonato Felício da Silva, desde jovem sonhava em ser locutor esportivo e ao completar 18 anos de idade ingressou no dia 1º de abril de 1972 na Rádio Educadora de Bragança, ocupando a função de locutor comercial e posteriormente fazendo parte da equipe de esportes atuando como repórter e narrador esportivo.

Nonato Silva deu nome ao programa Na Marca do Pênalti que está no ar há mais de 40 anos na emissora. Após seis anos de trabalhos prestados, no dia 10 de março de 1978, encerrou suas atividades na Rádio Educadora migrando para o Banco do Brasil, pois havia sido aprovado no concurso da agência de Bragança.

Dada sua popularidade, ingressou na vida política e em 2004 foi eleito vereador na Câmara Municipal de Bragança. Foi presidente do Rotary Clube e membro da Academia Brasileira de Letras – Seção Bragança.

Nonato Silva dedicou-se aos movimentos pastorais da igreja católica de Bragança participando ativamente como membro do Movimento de Cursilhos de Cristandade, Encontro de Casais Com Cristo (ECC), Pastoral Familiar, Comissão de Jesus e Paz (CJP) e do Conselho de Leigos da Diocese de Bragança.

Nonato Silva deixa a esposa, professora Letícia Campelo Silva e quatro filhos: Sanndy Campelo Silva, Nalicie Suzan Campelo Silva, Hugo Campelo e Rodrigo Campelo Silva.

Reportagem - Jota Bahia

Lido 268 vezes

Acompanhe @f_educadora no Instagram

A Fundação

A Fundação Educadora de Comunicação é constituída por duas rádios, a Educadora AM (1390) e FM (106,7), uma emissora de TV (canal 30) e um site. Tem por objetivo promover para o povo bragantino uma programação que enaltece a educação, cultura, esporte e evangelização. São 58 anos evoluindo e inovando. (+)

 

Boletim

Deixe seu e-mail para ser avisado em primeira mão sobre novas notícias: