Bragança se despede de duas professoras

1

Patrícia Assunção

A comunidade bragantina perdeu duas professoras no início desta semana. Nesta segunda-feira (25) a tarde, faleceu Patrícia de Nazaré Gomes de Assunção (45), ex-aluna, ex-atleta de voleibol e professora de educação física do Instituto Santa Teresinha. Posteriormente, Patrícia Assunção, foi aprovada em concurso da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) prestando seus serviços na Associação de Pais e Amigos de Bragança (APAE) onde era chamada carinhosamente de “Tia Paty” pelos colegas de trabalho e alunos. Patrícia teve atuação destacada na escola onde organizava os eventos com extrema dedicação.

A Rádio Educadora proporcionou a realização de um sonho da professora Patrícia, em levar o Projeto Aluno Repórter para os alunos da APAE. Patrícia foi vítima de complicações causadas pela Covid-19 e foi sepultada no mesmo dia a tarde no cemitério Santa Rosa de Lima, no bairro do Alegre.

1

Cássia Reis

Na madrugada desta terça-feira (26), faleceu Cássia do Socorro Reis da Silva (41), professora pedagoga pertencente a SEMED, ela lutava contra um câncer.

Cássia Reis foi defensora dos costumes afro-brasileiros no município de Bragança e teve participação direta no processo de reconhecimento da localidade América, próximo à Acarpará, como comunidade quilombola pela Fundação Cultural Palmares (FCP).

Cássia fez parte da equipe do governo Nelson Magalhães em 2015 desenvolvendo projetos que beneficiaram moradores descendentes dos escravos africanos mantendo as tradições culturais e religiosas na “América”.

Todos os processos foram instruídos por meio de assessorias e a Prefeitura de Bragança foi representada por Cássia Reis e Elizabeth Conde Morais, ambas da Coordenação de Promoção de Igualdade Racial da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) junto à Fundação Palmares.

O corpo de Cássia Reis está sendo velado na residência de sua genitora no bairro Vila Sinhá e será sepultado às 17 horas no cemitério Campo da Saudade.

Reportagem - Jota Bahia

Lido 3042 vezes

Acompanhe @f_educadora no Instagram

A Fundação

A Fundação Educadora de Comunicação é constituída por duas rádios, a Educadora AM (1390) e FM (106,7), uma emissora de TV (canal 30) e um site. Tem por objetivo promover para o povo bragantino uma programação que enaltece a educação, cultura, esporte e evangelização. São 58 anos evoluindo e inovando. (+)

 

Boletim

Deixe seu e-mail para ser avisado em primeira mão sobre novas notícias: