Restaurantes e lanchonetes irão reabrir na próxima sexta-feira em Bragança

Na tarde desta terça-feira (16), a Vigilância Sanitária do município e empresários do ramo de restaurantes, pizzarias, soverterias, lanchonetes, se reuniram no Teatro Museu da Marujada para uma reunião de definição da reabertura gradual dos seguimentos para atendimento ao público de forma presencial. As empresas estão fechadas há quase 3 meses.

Nessa reunião foi apresentada uma cartilha com normas para a reabertura dos estabelecimentos, entre as regras estão:

 

REGRAS PARA OS FORNECEDORES DOS ESTABELECIMENTOS:

- Escolher fornecedores que respeitem as regras impostas pela vigilância sanitária e secretaria de saúde, sejam eles fornecedores de pequeno, médio ou grande porte.

- Oriente, cobre, faça que chegue no seu estabelecimento alimentos seguros, transportados e entregues de maneira segura.

- Observe se as condições de embalagens e manuseio do seu fornecedor, estão de acordo com a normas de higiene e prevenção.

- Tome cuidado com embalagens descartáveis, compre embalagens protegidas e fechadas em sacos, sacolas ou filmes plásticos.

- Ao terceirizar o seu serviço de compra, oriente o comprador a ter o mesmo cuidado, não só de ordem pessoal, como com os fornecedores.

- Não permita que entregadores entrem na sua área de manipulação, ou demais áreas do estabelecimento sem antes higienizar-se, sem usar máscaras, e toucas se for o caso de entrarem na cozinha.

 

REGRAS PREVENTIVAS PARA O AMBIENTE:

- Disponibilizar na entrada do estabelecimento pia com água e sabão para lavagem de mãos, ou álcool 70%.

- A operação do estabelecimento deve ser reduzida a 50% da capacidade de atendimento.

- O distanciamento entre mesas deve ser de 2 metros entre uma mesa e outra.

- O distanciamento entre pessoas deve ser de 1 metro, sejam em mesas ou em balcões de atendimento.

- Obrigatório fazer demarcações no chão, com distanciamento mínimo de 1 metro, para filas de acesso ao caixa, retirada de alimentos, ou demais serviços.

- Disponibilizar álcool gel ou liquido 70% pelo ambiente, a vista e de fácil acesso ao cliente.

- Higienização de banheiros e sanitários a cada 1 hora, sempre com água sanitária.

- Dispor nos banheiros e sanitários sempre, sabão líquido, álcool gel 70%, e toalhas descartáveis, para os clientes e funcionários.

- Dispor no ambiente dos banheiros cartazes educativos, orientando a higienização das mãos e correto uso de lixeiras, pias e vasos sanitários.

- Limitar com cartazes educativos, o uso limitado de banheiros e sanitários de uma ou máximo duas pessoas por vez.

- Se possível disponibilizar lixeiras de pedal, tanto para cliente como para funcionários.

- Ambientes fechados e climatizados devem adotar ventilação natural.

Obs: se for o caso, solicite ao município uma licença temporária para usar a calçada, respeitando as regras de distanciamento.

 

REGRAS PREVENTIVAS PARA A OPERAÇÃO NO ESTABELECIMENTO

- Adicionais alimentícios como: Ketchup, maionese, pimenta, demais molhos, azeites, sal e açúcar, devem ser disponibilizados em sachês, de forma individualizada, não dispor em porta-sachês ou quaisquer outros recipientes.

- Talheres, espátulas, conchas, e demais utensílios de uso comum dos clientes, devem ser disponibilizados em sacos fechados, de papel ou plástico.

- Não utilizar toalhas de tecido sob as mesas, ou adicionar cobertura plástica sob as mesmas.

- Higienizar após cada uso com álcool 70%, superfícies de mesas, braços de cadeiras, e demais áreas de contato dos acentos disponibilizados.

- Para buffet self service, disponibilizar luvas descartáveis aos clientes, ou funcionários para os servirem, para que assim, não haja contato comum com utensílios, tampas, e demais superfícies.

- Os alimentos devem ser oferecidos em recipientes com tampas.

- Disponibilizar álcool gel e lencinho de papel ao lado dos pratos a serem usados pelos clientes.

- Cardápios devem ser plastificados, higienizados após cada uso, ou virtuais, assim como podem ser escritos em lousas, ou fixados em paredes.

- Não utilizar comandas fecha conta.

- Comandas de lançamento devem ser plastificadas ou de papel.

- Evitar garrafas de café e bebedouros comuns a seus clientes, sirva-os.

- Além de água e sabão, pratos e copos devem ser esterilizados com álcool líquido 70%, e secos com panos limpos.

- Balcões de atendimento devem ser esterilizados a cada 30 minutos, além de dispor de álcool 70% para o cliente.

- Um funcionário deve ficar responsável pelo controle de entrada de pessoas no ambiente, afim de respeitar o limite de 50% da capacidade.

- Devem ser usados somente louças e utensílios de inox, vidro e derivados, acrílicos e derivados, porcelanas e derivados, ou plásticos descartáveis para servir os clientes.

- Protetores térmicos de garrafa devem ser evitados.

- Não permitir a entrada de clientes sem máscaras no ambiente, orientar a retirada apenas na hora do consumo, orientar também o cliente a evitar contatos como apertos de mãos e abraços, fixar cartazes com essas normas.

 

REGRAS PREVENTIVAS DIRECIONADAS PARA ALGUNS SEGMENTOS:

Observação 01:

As vendas de rua de Tacacá, devem usar cuias esterilizadas com álcool 70% após cada uso, palitos de dentes encapados ou garfinhos descartáveis. Eliminar os cestos.

Observação 02:

Food trucks, trailers, quiosques, carrinhos, barracas e demais meios de vendas de comida, sejam elas fixas ou ambulantes, devem seguir as mesmas regras estabelecidas de higiene e prevenção.

Observação 03:

Proibido a disponibilização de áreas infantis (espaços kids), ou uso de brinquedos e outros utensílios ou equipamentos de entretenimento coletivo.

Para a reabertura desses estabelecimentos, um minicurso será ministrado por dois dias para todos que trabalham nesses segmentos, o treinamento ocorrerá em 3 turnos para evitar aglomerações e as aulas terão a duração de duas horas; ao término as empresas participantes receberão um selo de garantia para expor em seu estabelecimento.

Esses segmentos poderão reabrir as suas portas para atendimento presencial a partir da próxima sexta-feira (19) e terão permissão para funcionar até às 23 horas.

Reportagem e foto - Fabrício Bragança

Lido 97 vezes

Acompanhe @f_educadora no Instagram

A Fundação

A Fundação Educadora de Comunicação é constituída por duas rádios, a Educadora AM (1390) e FM (106,7), uma emissora de TV (canal 30) e um site. Tem por objetivo promover para o povo bragantino uma programação que enaltece a educação, cultura, esporte e evangelização. São 58 anos evoluindo e inovando. (+)

 

Boletim

Deixe seu e-mail para ser avisado em primeira mão sobre novas notícias: