Hoje João Mota completaria 98 anos

1

Um dos maiores prefeitos da história de Bragança, João Alves da Mota, se vivo estivesse, completaria nesta quarta-feira (09 de setembro), 98 anos de idade.

O pai era cearense, Raimundo Alves da Mota e a mãe, rio-grandense, Maria Fernandes da Mota. Em 1898 seus pais migaram a Bragança fugindo da seca nordestina e aqui tiveram sete filhos, cinco homens e duas mulheres. 
João Mota nasceu no dia 9 de setembro de 1922 no Emboraí Grande e faleceu no dia 6 de março de 2001.

Em 1948, casou-se com Raimunda Maria da Mota, conhecida por “Sinhá” com quem teve cinco filhos. 
Foi comerciante, tinha uma mercearia na Trav. Marcelino Castanho esquina com a Rua Pastor Afonso Menino Rey (próximo ao Marujo Suíte Hotel).

João Mota ingressou na política em 1945 através dos líderes Magalhães Barata, Joaquim Lobão da Silveira, Simpliciano Medeiros Junior e Augusto Corrêa, descobrindo as artimanhas da política. 
Defendia as causas dos pobres colonos, e estes, não tendo com que pagar à custa, retribuíam com seu voto nas eleições.

Foi duas vezes vereador nos governos de Jorge Ramos (1963/1965) e Antonio da Silva Pereira (1971/1973). 
Por três vezes assumiu a Prefeitura de Bragança: 1965, 1983 e 1993.

Em 1987 construiu a Escola Municipal Dom Eliseu no bairro da Aldeia e doou para a instalação do Campus da Universidade Federal do Pará. 
Construiu as Escolas Julia Quadros e Jorge Ramos, Cemitério Campo da Saudade (Vila Sinhá), Praça da Bíblia (ao lado da delegacia), Ponte sobre o Furo do Taicí na estrada Bragança/Ajuruteua, em convênio com o Governo do Estado construiu a Escola Mario Queiroz do Rosário, reformou o Palacete Augusto Corrêa.

Durante entrevista disse: “Nunca comprei vereadores para votar nas matérias apresentadas na Câmara”. 
Uma frase marcante dita e usada até hoje na política bragantina: “O povo é diabo”.

Com a colaboração do pesquisador José Ribamar Oliveira, reportagem de Jota Bahia
Lido 123 vezes

Acompanhe @f_educadora no Instagram

A Fundação

A Fundação Educadora de Comunicação é constituída por duas rádios, a Educadora AM (1390) e FM (106,7), uma emissora de TV (canal 30) e um site. Tem por objetivo promover para o povo bragantino uma programação que enaltece a educação, cultura, esporte e evangelização. São 58 anos evoluindo e inovando. (+)

 

Boletim

Deixe seu e-mail para ser avisado em primeira mão sobre novas notícias: